ORIGEM DAS FAMOSAS ESTAMPAS

 PARA CADA ESTAMPA UMA HISTORIA

Várias novidades no mundo da moda para o verão 2019 já estão em evidencias e as estampas continuam ganhando espaço nas ruas e na criatividade de vários estilistas . Na passarela do SPFW  (São Paulo Fashion Week ) Os designers das  marcas patBO, Niemeyer, Reinaldo Lourenço entre outros, mostraram que as estampas e as peças criadas é para atender ” mulheres independentes, fortes, que gosta de arte, que não compra uma roupa apenas pela marca mas que consegue entender todo trabalho por trás”  Segundo André Boffano e  Sam Santos .

 

Existem vários tipos de xadrez: vichy, grid, tartan, príncipe de gales, madras, bufallo check, pied-de-poule… E algumas deles ganharam destaque nas passarelas.

XADREZ  MADRAS

O xadrez madras era uma padronagem feita á mão  com corantes naturais, utilizado em lenços, lençóis. Com sua chegada na Europa foi conquistando cada vez mais espaço no guarda roupa,  ele surgiu na Índia,  onde havia uma cidade com seu nome no seculo XlX . Atualmente é  um dos xadrez mais utilizado no mundo.

Essa padronagem adiciona um mood divertido ao look. Isso porque ele é composto por cores claras e vivas. Ele fica ótimo em vestidos, camisas e acessórios!

XADREZ  RACING

 

 xadrez racing carrega este nome devido estar bem presente nas padronagens de competições automobilísticas. Uma estampa com o teor esportivo e também uma ótima pedida em combinações com peças mais clássicas.

 

LIBERTY

 

Liberty é o nome de uma loja de departamento localizada em Londres, muito antiga inaugurada em 1875.  Sua padronagem começou a fazer sucesso no anos 1920. Virou destaque no guarda roupa feminino e em ambientes internos como decoração. Não são lindas ?

A marca Liberty London utiliza sua história e o legado do fundador mas não parou no tempo. Diversificou sua linha de produtos para além da casa, como: beleza, acessórios, kids, homens e mulheres. Além, é claro, de parcerias como Nike, Target e M.A.C. Marcas brasileiras como a Farm, por exemplo, já utilizaram a estampa nas suas coleções.

 

LISTRAS

Coco Chanel usando listras (Foto: Reprodução)

 

Zebra, passagem para pedestres ou código de barras – listras! Elas têm governado o mundo da moda nos últimos 150 anos.

Até recentemente, listras horizontais emparelhadas com barras verticais significavam o recinto da prisão ou reclusão. Uma das grandes mudanças em relação as listras ocorreu com a estilista Francesa Coco Chanel  no seculo XX , em uma viagem da estilista á Rivera francesa.

Chegando lá! Ela viu marinheiros e trabalhadores,  vestindo sua malha azul marinho e camisa branca. Channel se inspirou e começou a trabalhar na sua nova  coleção náutica, ela adorava o minimalismo das listras. Em 1917 começou a vender para o público em sua loja Deauville

POPULARIZAÇÃO

Pablo Picasso e Andy Warhol (Foto: Reprodução)

 No século XX a camisa bretã foi adotada por quase todos os grupos de indivíduos. Artistas como Pablo Picasso e Andy Warhol  levaram a camisa para população masculina e fizeram dela sua identidade.

 

Hoje em dia vemos, que ao longo da história não esta sendo diferente. A  classe trabalhadora, alta costura, rebeldes, adotaram de vez a camisa  bretã.

 ESTAMPA FLORAL

 

 

As flores como outros elementos da natureza sempre inspirou e continuará inspirando a humanidade.

O Oriente foi o berço da tinturaria, estamparia e impressão. A estampa floral, por exemplo, surgiu na Índia no século XVIII e chegou ao Ocidente por volta do século XIV onde a reprodução dos florais nas roupas ganhou força.devido o movimento artístico da Art Nouveau apresentando ligação entre as superfícies  têxteis com o espírito e o estilo cada época. As flores mudaram o formato de acordo com os seculos,algumas eram mais robustas outras onduladas variando de acordo com a época.

 

Mas na verdade sempre teremos flores para nos alegar, seja em uma estação do ano,  tendencia de verão ou nos jardins.

 

POÁ

 

 

A estampa de poá  tem supostas origens, a que mais parece fazer sentido é uma historia associando o poá, com a polca ritmo musical tipico da Europa. Sugerindo que durante a imigração dos Europeus para América,  a musica tenha vindo junto. o pós guerra foi uma época de descontração, prosperidade e alegria e os movimentos circulares dessa dança animada inspirou a criação da estampa.

Ilustração sobre a Dança Polca (Foto: Reprodução)

 

 

 

A estampa divertida, que dá um toque vintage as produções, ultrapassou a combinação preto e branco ganharam varias versões colorida e alegres  em coleções como Dior, com toque de romantismo e feminilidades

Marilyn Monroe e Audrey Hepburn usando estampa de bolinha (Foto Montagem: Universo Retrô)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *